Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POESIA ÀS ESCONDIDAS

Poemas escritos por António Só

subsídio de culpa

Maio 03, 2021

Recebi o subsídio de culpa esta manhã

misteriosa forma de tempo, desse tempo

de acções e ruínas de renúncia antiga

que nos visitarão de manhã, quando lançarmos

os olhos e ouvidos às manhãs pálidas e frescas de abril.

 

Pausa

 

fui logo gastá-lo, não fosse o mistério acossar-me

que me levantasse da cama, unido e colado à pele

como pijama vestido e molhado a morder-nos a carne

em noites carnavalescas, contos góticos crípticos

principalmente num enterro em modo simulacro

de crianças aos gritos que se amontoavam

e empurravam, guiados por pastores alemães

feitos capatazes, socando, esmurrando e fervendo

com a raiva inequívoca de sermos mármores esculpíveis

chiuuuuuuuuuu, olha o barulho! ninguém sabe disto

 

Pausa

 

com apenas dez anos, fiquei debaixo de trinta alunos

vestidos de demónios improvisados. Disseram-nos

que participaríamos numa cerimónia fúnebre

de um professor não muito amado

pedagogo mestre, que catapultava borrachas

nos rostos miúdos, petrificados, mudos, serenos

esperando que a bofetada viesse, espécie de

medicina alternativa que hoje em dia dizemos

maravilhas dos efeitos secundários cujo folheto

complicadamente dobrado em trinta e cinco anos

vem numa caixa vermelha do lado direito do peito

e digo-vos, amigos, foi um prazer e uma honra

o desfile em parada, com pompa e festividade

em homenagem a Esculápio y sus muchachos assassinos

por serem eles que me enviam sem data prévia

o meu vitalício subsídio de culpa

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub