Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POESIA ÀS ESCONDIDAS

Poemas escritos por António Só

Guerra

Agosto 21, 2015

Ávido, o mundo está da ávida guerra

A Oriente, o Norte e o Sul seus punhos cerram

Afiadas garras um no outro ferram

Ignoram a liberdade, o povo, a terra.

 

Um ditador lunático se encerra

No seu covil, perdido e embriagado

De ver outro país ser subjugado

No lodo imundo, o louco mais se enterra.

 

Escavam-se trincheiras no diálogo,

Lá vai ridículo o corpo diplomático

Sorrindo no ar que cheira a insucesso

 

Enquanto um louco fica em seu monólogo,

Sentado fica o mundo, sorumbático

Vendendo a paz na praça a um alto preço

O mesmo de sempre...

Agosto 13, 2015

Nunca acertei o passo, o ritmo é persistente,

Que o movimento imprime ao rufo do tambor,

Batendo fortemente a um tempo deste tempo

Diria que para mim o mundo é maçador.

 

Meus dedos, que tocaram cordas tão frenéticas

Num ritmo de aço e cobre a martelar a terra

Fui combatente incauto contra falsas éticas

A sombra em sobressalto num país em guerra.

 

Eu já não sinto muito. É cisma muito minha

De polvilhar as extensas terras verdes de arte

De amachucados versos que a alma adivinha

À dor que lentamente grita em toda a parte.

 

Tornou-se, meu olhar, um prédio em construção

A pouco e pouco durmo, sou a massa informe

De enganos e moléstias morre uma ilusão,

Porque a ilusão na vida passa muita fome.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub