Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POESIA ÀS ESCONDIDAS

Mais de mil poemas escritos às escondidas De António Codeço (1976 - 20??)

Mais de mil poemas escritos às escondidas De António Codeço (1976 - 20??)

Um gato

E se adoptasse um gato orfão na minha alma,

Transpondo os altos muros, ágil e felino

E caçasse ratinhos, pássaros e calma

E mos trouxesse intactos como o meu destino?

 

E se adoptasse um gato só por companhia

Como um idoso adopta o dominó na Morte

E no sótão caçasse versos? Dar-lhe-ia

Um peixe saboroso que lhe coube em sorte

 

Selvagem, meu gatinho, dúctil na imagem

Dormirás no meu colo, eu te afagarei

O teu lustroso pêlo e serás a paisagem

Que numa tela absurda e gasta te encontrei.

 

Teus olhos são as portas que abri-las desejo

É lá que avaro guardas jóias, alma vendida.

Há armadilhas esparsas, veneno e queijo

Cautela! Coloquei aos ratos desta vida

 

Serás meu guardião, como no antigo Egipto

Quando eras divindade, ai de quem te matasse

E esse miar será um bálsamo que grito

Onde tua cauda nunca de ira se agitasse.

 

Acusam-te que és falso, esquivo, traiçoeiro

Porque não és submisso à vontade humana

Indómito, sincero és bem mais verdadeiro

Que os homens nesta vida inútil, torpe, insana.

 

Em fúria, exibirás tuas garras em defesa

Da alma. Lembras-te? Assim vieste a mim parar

E possas desferir teus golpes com frieza

E essas bestas e abutres da vida esquartejar.

 

Se deflagrar um fogo que por nada dei

Vem dar o teu alerta num miar aflito

Que eu, com mágoas antigas, logo extinguirei

O fogo posto por algum anjo maldito

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D