Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POESIA ÀS ESCONDIDAS

Mais de mil poemas escritos às escondidas De António Codeço (1976 - 20??)

Mais de mil poemas escritos às escondidas De António Codeço (1976 - 20??)

Poema em miniautra

Tenho a tristeza da pedra inerte

Esperando ser apanhada por uma criança,

Para atirar-me ao rio por culpa do destino

E da natureza verde que o rodeia

Raios de sol no vitral dos seus olhos.

Tenho mais ânsias que sonhos. Não tenho

No meu currículo medalhas de ouro

Em que tenha sido vencedor num momento

Que provoquei riso e se riram de mim.

 

Rubro, meu sangue, desaguará no mar

E as deusas não criarão anémonas

Em minha honra. Acolho-me

Nesta redoma de vidro inquebrantável

Lugar vazio de música, cor e palavras

Sem silêncio meditativo,

Sem lembrança degenerativa,

E vou apagando no caminho o rastro deixado

Incapaz de ser o que fui

Fugindo de mim…

 

Continua, continua, a cicatriz é o tempo

Avistarás terra segura no tumulto azul

Robinson Crusoe dos tempos modernos

Náufrago na espuma branca efervescente

Sátiro de si próprio, político de si mesmo

Mas enquanto não encontro o que procuro

Enquanto sou horizonte inalcançável

Oiço rachar troncos de carvalho no coração

E sou luz de candeeiro aceso na noite

Como o céu nocturno se esquecera

De apagar a Lua…

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D