Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POESIA ÀS ESCONDIDAS

Mais de mil poemas escritos às escondidas De António Codeço (1976 - 20??)

Mais de mil poemas escritos às escondidas De António Codeço (1976 - 20??)

Absurdo

Não vejo a hora de ir-me agora embora

Não vejo a calma que me acalma a alma

Não vejo idade na longevidade

Nem é unânime a humanidade

 

Não sinto as alucinações de absinto

Não sinto pressa de quem me ultrapassa

Não sinto muito, sinto só o cinto

Bebe um copo de absinto que isso passa!

 

Não escolho mais escolhos que escolhia

Não levo mais as levas que levava

Não encolho tanto como me encolhia

Nem olho mais os olhos que eu olhava

 

Não conto mais os contos que contava

Não subo mais por onde mais subia

Não canto mais canções que antes cantava

Jamais desço por onde mais descia.

 

Sou rei num reino e reino sem rainha

Sou culpa da desculpa desculpável

Sou lei num leito de uma ladainha

Deleite no delito deplorável

 

Sou servo deste absurdo que absorvo

Sou nervo de Minerva que me enerva

Sou cravo que cravei num curvo corvo

Sou cara vela de uma caravela

 

Sou tordo enternecido ao entardecer

Sou tarde ao anoitecer desconhecido

Sou conhecido por desconhecer

Quem sou e por não ser reconhecido

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D